Cepel participa de evento do Inmetro sobre inovação em metrologia

Foram destacados os projetos do Centro relativos ao combate a perdas não técnicas de energia, medição sincrofasorial, qualidade de energia e redes elétricas inteligentes

Treinamento apresenta aprimoramentos do sistema SINV, desenvolvido pelo Cepel para estudos de inventário de bacias hidrográficas

O SINV é uma ferramenta oficial utilizada para a realização dos Estudos de Inventário, conforme resolução da Aneel e MME

Notícias

• mais noticias


Artigos

  • 04/10 - Inova, Cepel

    O diretor-geral do Cepel, Amilcar Guerreiro, discorre sobre as transformações que estão ocorrendo no setor elétrico e a decorrente necessidade da inovação. Guerreiro ressalta o papel das instituições de pesquisa e afirma que o Cepel constituiu um diferencial para o Brasil. Não obstante, destaca a necessidade de o Centro também passar por um processo de inovação para assegurar sua sustentabilidade técnica e econômico-financeira.

  • 20/07 - Sobre as razões para ter ou não ter o preço horário

    O artigo considera a inquestionável necessidade da adoção do preço horário da energia, no início de 2020, para acompanhar a evolução do sistema elétrico brasileiro. Neste contexto, argumenta-se que o modelo matemático DESSEM, desenvolvido pelo Cepel e peça-chave neste processo, foi implementado, ajustado e validado seguindo rígidos critérios estabelecidos pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), e que, portanto, mesmo passível de aperfeiçoamentos, como todo modelo, não pode ser responsabilizado pelo adiamento da entrada do preço horário.

  • 25/05 - O Cepel e a Modernização do Setor Elétrico

    Neste artigo, o diretor-geral do Cepel, Amilcar Guerreiro, fala sobre a necessidade de o setor elétrico preparar-se para o processo de transição energética, que gira em torno, primordialmente, de um novo perfil de consumidor. Segundo o autor, todo este movimento de modernização resulta e dependerá de avanços e investimentos em P&D+I, área-fim das atividades do Cepel. Neste contexto, Guerreiro ressalta que o Cepel pode oferecer contribuição singular ao processo de modernização, tanto pelo grau de especialidade de seu quadro técnico, quanto pelas soluções tecnológicas que desenvolve e por sua infraestrutura laboratorial multidisciplinar

• mais artigos


Videos